11 12 PEQ NoticiaO ex-aluno de doutorado da Coppe/UFRJ, Mario Andrés Noriega, recebeu, no dia 27 de novembro, o XII Prêmio Nacional de Engenharia Química da Colômbia, pela tese de doutorado defendida na Coppe, em 2016, que possibilita aumentar a produtividade e reduzir custos na produção do biocombustível. Sob a orientação dos professores Claudio Habert, do Programa de Engenharia Química da Coppe, e Paulo Cesar Narvaez, da Universidad Nacional de Colombia (UNAL), esta foi a primeira tese defendida em regime de co-tutela, no âmbito da cooperação entre as duas instituições. Concedido pelo Conselho Profissional de Engenharia Química do país (CPIQ), esse prêmio é voltado para profissionais cuja pesquisa traz soluções para problemas nacionais.

Em seu trabalho de tese, Mario Noriega desenvolveu um processo tecnológico, inédito, capaz de elevar em até 12 vezes a produtividade na geração de biodiesel. O reator concebido e testado pelo ex-aluno da Coppe diminui o custo de produção do biodiesel, viabilizando a redução do preço do produto final para o consumidor.

“Este prêmio é um indicador de que estamos fazendo um bom trabalho, e um reconhecimento da importância da pesquisa na solução de problemas econômicos e sociais da América Latina”, afirmou Noriega.

A pesquisa já rendeu sete artigos publicados em periódicos internacionais e sua participação em cinco congressos mundiais. “Os resultados e o reconhecimento dessa pesquisa são um grande estímulo aos novos convênios e programas internacionais de desenvolvimento científico”, comemora o professor Claudio Habert.

Atualmente, Mario está cursando pós-doutorado, na Universidad Nacional de Colômbia, e trabalhando no desenho dessa nova tecnologia para a escala industrial. “Estamos estabelecendo a redução final nos custos da produção de biodiesel para a implantação, em curto prazo, desta tecnologia em escala industrial”, estima o ex-aluno da Coppe.

Como funciona a nova tecnologia

Neste novo processo, o óleo desce pelo reator ao lado de uma fase alcoólica, composta por metanol. "Utilizamos óleo de soja, mas pode ser dendê ou outras oleaginosas. Embora não se misturem, o óleo reage com o álcool e também com o hidróxido de sódio (NaOH2) utilizado como catalisador. A reação ocorre na interface entre as duas camadas", explica Noriega. 

Em seguida, o biodiesel passa por membranas, que separam os materiais, fazendo com que biocombustível gerado tenha alto grau de pureza. O uso da membrana evita uma etapa a mais que existe no processo tradicional (conhecido pela sigla BSTR), que é a decantação.

“Além da economia de tempo, há um ganho enorme de produtividade. A produção no processo tradicional é de 0,3 m³ de biodiesel hora por m³ de reator. Com a nova tecnologia essa produtividade seria de 3,5 m³ de biodiesel hora por m³ de reator. "O processo gera maior produtividade: o mesmo rendimento que hoje é obtido com um reator de 10m³ (3 mil litros de biodiesel por hora), pode ser obtido com um reator de 1m³ (3,5 mil litros por hora), que é bem menor e muito mais barato", explica o Noriega.

Fonte:  Planeta COPPE

08 10 seminário noticiaO curso de pós graduação Industrial Crystallization and Applications, ministrado pela Profª Fabienne Espitalier – École des Mines (IMT Albi-Carmaux), integra o projeto PREFALC que promove intercâmbios entre cursos de pós graduação do Brasil, França e Colômbia nas áreas de engenharia de processos, química, farmacêutica e afins.

O curso tem duração de 15 horas (1 crédito) e é aberto a alunos pós-graduandos e pesquisadores. As vagas são limitadas e não é requisitado o pagamento de taxas.

Data: 05 a 08 de novembro de 2018
Local: PEQ/COPPE/UFRJ (Centro de Tecnologia)

Pré-inscrição até dia 20/10/2018 pelo email lucianasantos@peq.coppe.ufrj.br

peq-evento

O Colóquio Anual de Engenharia Química é realizado pelo Programa de Engenharia Química (PEQ/COPPE/UFRJ). Desde a sua primeira edição, em 2001, o evento tem foco na pós-graduação e objetiva divulgar as pesquisas e projetos desenvolvidos por seus pesquisadores e alunos de mestrado e doutorado, servindo de fórum de discussão e contribuindo para a troca de ideias e fomento à pesquisa. Além disso, o evento visa promover a interação entre representantes do meio acadêmico e profissionais dos setores produtivos, reunindo cerca de 350 participantes brasileiros e estrangeiros.

Nesta décima oitava edição, o tema do Colóquio é Tradição & Vanguarda, escolhido pelo momento histórico em que o PEQ, e a própria COPPE, celebram conjuntamente seu 55º aniversário. Assim, com escopo mais amplo e buscando valorizar a diversidade temática em produção de ciência que é característica na Instituição, conferencistas de alto impacto científico foram convidados.

O evento desse ano ocorrerá nos dias 7, 8 e 9 de novembro, no Bloco G do Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Acesse a página do evento e saiba mais

04 10 seminário noticia peqnocobeqO Congresso Brasileiro de Engenharia Química – COBEQ é o evento de maior relevância nacional em Engenharia Química. Estabelece bianualmente um ambiente de encontro para profissionais da academia e indústria apresentarem e discutirem temáticas proeminentes e atuais, relacionadas à pesquisa e aplicação da engenharia química no Brasil e no mundo.

o COBEQ 2018 foi organizado pelo Departamento de Engenharia Química da Escola Politécnica da USP e sediado em Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, nos dias 23 a 26 de setembro. O congresso reúne pesquisadores e demais profissionais atuantes na indústria. Neste sentido, os pesquisadores do PEQ marcaram sua participação no evento.

Confira as fotos do evento aqui

29 03 Livro Noticia

This book presents recent developments in advanced biological treatment technologies that are attracting increasing attention or that have a high potential for large-scale application in the near future. It also explores the fundamental principles as well as the applicability of the engineered bioreactors in detail.

It describes two of the emerging technologies: membrane bioreactors (MBR) and moving bed biofilm reactors (MBBR), both of which are finding increasing application worldwide thanks to their compactness and high efficiency. It also includes a chapter dedicated to aerobic granular sludge (AGS) technology, and discusses the main features and applications of this promising process, which can simultaneously remove organic matter, nitrogen and phosphorus and is considered a breakthrough in biological wastewater treatment.

Given the importance of removing nitrogen compounds from wastewater, the latest advances in this area, including new processes for nitrogen removal (e.g. Anammox), are also reviewed.

Developments in molecular biology techniques over the last twenty years provide insights into the complex microbial diversity found in biological treatment systems. The final chapter discusses these techniques in detail and presents the state-of-the-art in this field and the opportunities these techniques offer to improve process performance.

Read more HERE

Apoio / Parceiros

coppe55peqfaperjcnpqfinep-nova capes